Rinoplastia

Cirurgia Plástica de Nariz

A Escolha do Cirurgião

Um dos primeiros e mais importantes passos do planejamento de uma cirurgia plástica é a escolha do cirurgião. A qualidade do resultado é diretamente proporcional à experiência e visão estética do médico que realizará a Rinoplastia.

Em primeiro lugar, não há uma definição absoluta em relação ao médico ideal para a realização da Rinoplastia. Mas, o paciente deve estar atento ao currículo do cirurgião e relacionar ao problema que pretende resolver. Problemas funcionais podem ser solucionados somente pelo cirurgião plástico ou, em alguns casos, precisam da opinião e de um otorrinolaringologista. Por este motivo, o exame clínico na consulta inicial e uma conversa esclarecedora com o cirurgião influenciam o resultado da Rinoplastia.

A sua escolha deve ser permeada por uma série de fatores fundamentais para garantir a idoneidade da clínica e do médico. Alguns destes fatores mais importantes são:

  1. A formação acadêmica e prática do médico. Procure saber em que universidade o cirurgião estudou e em que hospital realizou a residência.
  2. Especialização em Cirurgia Plástica e Rinoplastia, especificamente. O médico, para que a operação tenha sucesso, deve ter estudado além da medicina tradicional, técnicas próprias da cirurgia em questão.
  3. Uma das maneiras de saber as especializações do médico é informar-se sobre a quais Sociedades ele é afiliado. Ex: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
  4. O currículo do cirurgião é importantíssimo para demonstrar seus conhecimentos. Lá você encontra informações como: participação de congressos, pesquisas, o tempo de atuação como cirurgião plástico, etc.
  5. Procure identificar os hospitais em que o cirurgião opera ou a clínica relacionada a seu nome. Certifique-se de que são locais que oferecem segurança à sua saúde.
  6. Procure informações sobre pacientes que já realizaram Rinoplastia anteriormente com este médico, observe os resultados e, se puder, pergunte a eles sobre o seu trabalho.